Memórias — Fevereiro, 2017

28 de fev. de 2017
Memórias é aquela postagem de final de mês, onde ficam guardadas as boas (e porquê não as ruins?) memórias que valem a pena contar ou simplesmente refletir e agradecer. Se quiser, segue lá no instagram (@igormedeiroz) para ver mais fotinhas (selfies são bem raras)!





Fevereiro foi um mês intenso, sentimentalmente falando. Desde os primeiros dias que o mês começou, passei a refletir nos caminhos que estou seguindo e se estou satisfeito com eles - e descobri que não estou. Cair na rotina tem me matado aos pouquinhos e eu não havia simplesmente percebido o quanto isso estava me fazendo mal, tenho sentido que as coisas que eu realmente gosto de fazer estão ficando cada vez mais longe e inalcançáveis;  tenho que frear algumas escolhas e trilhar por um caminho que me sinto bem e confortável, que sinta vontade de estar ali.

E esse mês eu fiz muitas coisas que fiquei com vontade, como aproveitar os últimos dias em que sol vai embora tarde (horário de verão) no parque da cidade e assistir diversos pores do sol, num desses dias de ficar até tarde, tirei essa belíssima foto da roda gigante e nos outros coloquei a bunda para cima tirei fotos das pernas pro ar e mais flores (que é de costume).


Mais uma vez deitei no chão durante o horário de almoço e tirei essa foto da minha mão e das palmeiras, os meus dias, acreditem, foram mais felizes pela quantidade de chuvas que ocorreram nesse mês - estou feliz também porque o lago aqui atrás da minha casa encheu mais um pouco! E eu realizei o meu sonho (?) de dormir fora de casa e dormi dentro de um carro para ver o sol nascer (mas eu dormi) e de manhã fui tomar banho em um dos lagos daqui de Brasília, acompanhado de mais andanças pelos prédios daqui.

Resolvi em ir alguns blocos de carnaval: Falta é pouco 2017, Babydoll de Nylon (que foi horrível) e o último Divinas Tetas. Ir nesses blocos me fez descobrir um pouco sobre mim: eu não gosto de carnavais, essa é verdade. Apesar de ter sido divertido, todo aquele barulho, gente e roubo não foram melhores que minha cama, pipoca e seriados. Pode ser que ano que vem anime novamente. Não sei.

Eu gostei do segundo mês de 2017, parece que esse vai ser um ano de grandes mudanças para mim e para as pessoas que estão próximos a mim. Estou animado com todas as coisas que vem acontecendo ultimamente, até mesmo as negativas, creio que tudo seja um passo fundamental para trilhar um caminho sadio - enquanto isso, vou ficar pensando no meu tema de TCC (me ajudem!).


 
home / sobre / leituras / blogroll / contato

a vida dentro © 2012 – 2020