Uma pessoa amada

és, sem sombra de dúvidas, de todas as mulheres existentes, a mais linda. és a rainha, a minha parte mais boa, sincera e culta. és todas as frases clichês decoradas de livros da adolescência, és filosofia de mãe, és quem diz "filhos são para voar". mãe, tu és amor seguro, abraço confortante, ainda que lágrima e briga em algumas poucas vezes em todos esse anos; tu és adoção e doação, amizade e sorriso, puxão de orelha e liberdade.

como eu amo amar quem tu és; como qualquer outra mãe, que em outrora, não pude escolher, chegaste e me amaste nos detalhes mais minuciosos, nos pequenos erros de criança; mãe, tu és meu molde de bondade no mundo, a ânsia por coisas novas, por experiências. és o meu mais belo espelho, porque só tu és vontade, loucura, travessura e na mesma intensidade és ingenuidade, cuidado e amor. amor esse que perdurou por dias, meses e anos afinco até os dias de hoje, que já não sou mais criança que fica dentro dos seus braços ou na defesa de uma conchinha. ainda que tu insistas que filho nunca cresça, que nunca será tarde demais para receber carinho ou uma conchinha desajeitada como só tu sabes fazer.

como eu amo amar quem tu és, porque és, sem sombra de dúvidas, o meu lado mais bom no mundo.
— estou participando do projeto 30 dias de escrita.

Comentários