Decorador de nome de vasos sanitários

Na sequência de memórias da infância, eu lembro que sempre quando ia ao banheiro olhava o nome do vaso, quero dizer, não era especificamente o nome do vazo, mas sim o nome do fabricante da louça. E desde novo chamava os vasos por seus "nomes", aqui em casa o vaso se chama Celite, na casa da minha outra Mamadi se chama Monte Carlo, na faculdade se chama Kasa.

O que eu achava mais engraçado é que para mim existia uma hierarquia de vasos ou uma espécie de família de vasos sanitários, uma ideia absurda, mas eu tinha meus 6 anos de idade. Ir ao banheiro era grandes motivos de reflexão e descobrimento sobre o respectivo vaso a qual tronava.

Essa é uma lembrança bem vaga na minha cabeça, por isso escrevi pouco, só para daqui uns anos, do jeito que estou ficando velho, não esquecer.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

tudo novo de novo

Formas e formatos

Uma passadinha em São Paulo antes...